DNVGL.com

Transição da ISO/TS para a IATF 16949

Você está pronto para a transição para a IATF 16949? Trabalhe conosco para garantir uma transição segura em sua empresa.

Contate-nos

Gostaria de mais informações?

Sim, por favor
SHARE:
PRINT:
IATF 16949 1134x350

O novo padrão da norma internacional para sistema de gestão automotivo foi publicada em Outubro de 2016. O que você precisa saber para realizar sua estratégia de transição para a IATF 16949?

Requisitos para tempos de transição

  • Após 1º de Outubro de 2017, não será permitida a realização de auditorias (inicial, de manutenção, recertificação ou transferência) para a ISO/TS 16949:2009.
  • As organizações certificadas pela ISO/TS 16949:2009 passarão para a nova IATF 16949 através de uma auditoria de transição de acordo com o atual ciclo de auditoria para a ISO/TS 16949:2009 (ex.: numa auditoria de recertificação ou auditoria de manutenção). O tempo permitido estão definidos nas Regras do IATF, seção 5.1.1 e nas Regras de Transição última revisão, que pode ser encontrado no site do IATF - http://www.iatfglobaloversight.org/
  • As auditorias de supervisão devem seguir os prazos de realização conforme a tabela abaixo, assim como também a auditoria de transição: 

    Frequência de Auditorias6 meses9 meses12 meses
    Tempo Permitido+1 mês+1 mês-+1 mês
  • Se a próxima auditoria programada é uma auditoria de recertificação, o período de transição deve complementar os requisitos de tempo para a Auditoria de recertificação de acordo com a seção 5.1.1 Regras IATF.
  • O não cumprimento do tempo de auditoria de transição de acordo com as regras da seção 5.1.1 da IATF (ou os tempos do processo de decertificação de acordo com a seção 8.4 da Regra da IATF) exige que a Organização inicie um processo de Auditoria de Certificação Inicial com o seguinte desvio aprovado.
  • Não é necessária uma auditoria de prontidão – fase 1, desde que a auditoria de certificação inicial para a IATF 16949 seja realizada dentro de seis (6) meses a partir da data da retirada do certificado ou expiração do certificado ISO/TS 16949 (consulte o ponto D na página 13 - Regras de Transição). Nessa situação, o organismo de certificação não é obrigado a solicitar uma derroga ao respectivo Escritório de Supervisão da IATF.

Requisitos de auditoria de transição

  • Uma auditoria de transição só deve ser conduzida por auditores qualificados 3ª parte que já demonstraram sua competência para auditoria contra a IATF 16949.
  • Quando o organismo de certificação identifica não conformidades na auditoria de transição, o cliente e o organismo de certificação devem cumprir com todos os requisitos.
  • O organismo de certificação deve cumprir com todos os requisitos do processo de decisão de certificação conforme definido nas Regras da IATF.
  • Certificação Inicial para 16949 IATF.
  • Requisitos para uma organização já certificada com Norma ISO 9001:2015.
  • Organizações com uma Carta de Conformidade válida existente para ISO/TS 16949.
  • Organizações com uma certificação ISO/TS 16949 previamente retirada ou expirada devido à falha em atender o tempo de transição.