DNVGL.com

Insumos e Ingredientes destinados à Alimentação Animal – GMP+ International e FAMI QS

O suprimento animal tem influência direta na qualidade e segurança de produtos de origem animal. Os consumidores de carne, leite, peixe e ovos esperam que o segmento e os distribuidores ofereçam produtos seguros e com alta qualidade.

Contate-nos

Gostaria de mais informações?

Sim, por favor
SHARE:
PRINT:
Animal feed and ingredients GMPPDV and FAMI QS

O regulamento GMP (Prática para Boa Fabricação) aplica-se aos produtores e comerciantes de compostos alimentícios, alimentos de origem animal, pré-misturas, além de transporte, trans-envio, cultivo e alimentação das cabeças de gado. Além disso, os laboratórios que fazem as análises devem ser certificados.

O Regulamento Europeu para Higiene de Suprimento (EU Reg. 183/2005) estabelece exigências de higiene e segurança para toda a cadeia de suprimento animal, incluindo aditivos e pré-misturas.

Este regulamento: 

  • Integra a fabricação e a distribuição de aditivos alimentícios, pré-misturas e alimentos completos numa cadeia global de alimentos; 
  • Integra os princípios HACCP (Análise de Risco & Pontos Críticos de Controle); 
  • Promove o estabelecimento de códigos de prática na cadeia de suprimento animal. 

O Dutch Animal Feed Board (PDV) e a Feed Additive and Premixture European Association (FEFANA) desenvolveram tais códigos de prática para atender às expectativas de consumidores, produtores de alimentos e distribuidores. O regulamento GMP exige, principalmente, o uso correto de aditivos e produtos médicos veterinários. Além disso, o regulamento fornece controle dos níveis de substâncias e produtos indesejáveis como metais pesados, pesticidas e aflatoxinas. E finalmente, são necessárias medidas para evitar a contaminação de animais por salmonela através dos alimentos de origem animal.  

As principais características dos regulamentos GMP são: 

  • Exigências para o sistema de qualidade interno da empresa (baseado no ISO 9001); 
  • Aplicação dos princípios HACCP a fim de garantir a segurança; 
  • Medidas e exigências para controle genérico no processo de produção, incluindo rastreabilidade e recall; 
  • Controle das normas estatutárias e regulatórias de produto.   

Por que a certificação é boa para o meu negócio?   

Um controle de qualidade demonstrável e transparente constitui uma “licença para produzir”. Seu compromisso com os seguintes princípios globalmente reconhecidos abre a sua empresa para o mercado global: 

  • A segurança de alimentos tem uma alta prioridade no mundo todo; 
  • O segmento de suprimento animal, incluindo os fornecedores de ingredientes, faz parte da cadeia de alimentos e é responsável pela segurança de seus produtos; 
  • A HACCP é uma abordagem proativa que liga a cadeia de suprimento animal à cadeia de alimentos; 
  • O controle de qualidade de matéria-prima é uma preocupação mútua para os fornecedores e o segmento de alimentação animal; 
  • O comércio e a indústria estão assumindo suas responsabilidades para segurança de produtos. Ao conquistar a certificação GMP, sua empresa pode garantir e demonstrar que os suprimentos para animais e seus ingredientes cumprem as regras e regulamentos legais firmados entre as partes da cadeia. 

A certificação GMP permite que sua organização:

  • Comunique confiança aos clientes, demonstrando que o suprimento ou os ingredientes para suprimentos são produzidos a partir de processos seguros; 
  • Prove que todas as precauções razoáveis foram observadas; 
  • Aceite que os clientes demandem certificação e avaliação de fornecedores, caso eles operem num país com uma forte estrutura legislativa para segurança de suprimentos alimentícios; 
  • Reduza o número de auditorias realizadas pelos clientes e, conseqüentemente, diminua os custos e o tempo de gerenciamento; 
  • Reduza o desperdício e recall de produtos; 
  • Melhore as relações com autoridades da segurança de alimentos; 
  • Melhore a eficiência. 

A certificação dos padrões GMP oferece um meio eficaz de comunicação com os acionistas e outras partes interessadas. Ela é um elemento importante da demonstração do compromisso com a segurança de alimentos sob a governança corporativa, a responsabilidade corporativa e as exigências para relatórios financeiros.     

Como eu me preparo para a certificação? 

Empresas com bom planejamento geralmente terão uma vantagem e estarão preparadas para a certificação. É importante que você e sua empresa se mantenham positivos, comprometidos e estabeleçam um cronograma claro para implantação e avaliação.     

Isto inclui: 

  • Estabelecimento de um sistema de gerenciamento de qualidade; 
  • Identificação das exigências legais; Identificação e documentação dos riscos específicos da segurança de alimentos – relacionados ao produto final – e das medidas de controle relevantes (sistema HACCP); 
  • Identificação da Boa Prática de Fabricação/Boa Prática de Higiene, incluindo um programa de controle de pestes, equipamento e construção de programa de manutenção, programa de cuidados e limpeza e todas as exigências padrão específicas; 
  • Implantação de quaisquer melhorias estruturais.
Clique aqui! O processo de certificação Descubra e tire suas duvidas sobre todos os processos de certificação