DNVGL.com

Breadcrumbs

Hospital Márcio Cunha recebe recertificação internacional

SHARE:
PRINT:
Nurses walking down the hallway
Instituição fundada pela Usiminas e administrada pela Fundação Francisco Xavier, em Ipatinga, mantém a acreditação DIAS/NIAHO, permanecendo no seleto grupo dos hospitais do país certificados pela norma reconhecida internacionalmente.
  • Published:
  • Author:
  • Keywords: Business Assurance, Healthcare

Novamente a região do Vale do Aço conquistou um diferencial importante na prestação de serviços de saúde para clientes do plano de saúde da Usiminas e pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Exemplo de excelência em assistência e em gestão no Leste do Estado, o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, acaba de receber a recertificação da norma de acreditação hospitalar formalmente reconhecida pelo Departamento de Saúde dos Estados Unidos, a National Integrated Accreditation for Healthcare Organizations (NIAHO).

Desenvolvida a partir de padrões norte-americanos de gestão, segurança assistencial e de infraestrutura, a NIAHO – que no Brasil é também conhecida como DIAS (DNV International Accreditation Standard) – exigiu da instituição investimento, capacitação e preparo de todas as suas equipes ao longo dos últimos anos aplicados efetivamente na prática. Por cinco dias, auditores brasileiros e norte-americano da DNV GL checaram os processos de gestão administrativos, assistenciais e a estrutura física das três unidades do Hospital Márcio Cunha.

Com base na chamada metodologia Tracer – que consiste em percorrer, por meio do prontuário e por entrevistas, o caminho do paciente, desde a sua entrada até a alta para analisar as unidades e os processos pelos quais ele foi submetido no hospital. A partir das evoluções clínicas registradas, todos e quaisquer procedimentos realizados foram reavaliados sob a ótica da segurança, tanto para a saúde do paciente, como também para acompanhantes e profissionais envolvidos. Isso inclui, por exemplo, desde a avaliação do trabalho de médicos e da equipe multidisciplinar em UTIs, Centro Cirúrgicos, leitos de Internação, setor de Hemodiálise e Transplantes, Maternidade e Pronto-Socorro; passando pela checagem in loco de setores e processos logísticos de apoio, como a rastreabilidade de medicamentos da Farmácia à administração no paciente, laboratórios, exames, entre outros.

Foi avaliada também a gestão do ambiente físico, que inclui inspeções nas áreas de utilidades (como sistemas elétrico, hidráulico e de ar condicionado), na gestão de produtos perigosos, no controle de acessos, na infraestrutura dos prédios, na gestão de equipamentos e nos sistemas de proteção à vida, que incluem a evacuação dos prédios em caso de sinistro, a funcionalidade dos alarmes e dos equipamentos de combate a incêndios; além de itens como acessibilidade, sinalização e planos de contingência para atendimento a catástrofes.

Para o auditor líder da DNV GL, Walter Rose, novamente, o HMC superou as expectativas. “Vocês fizeram um trabalho excepcionalmente bom. E esta qualidade perpassa a questão da assistência. Ela também é vista entre os líderes e sua equipe, e entre as equipes e clientes. É um ciclo completo, conquistado em pouquíssimas entidades do mundo. Aliás, a organização e limpeza realizada pela  equipe do Hospital Márcio Cunha  são únicas. Muito feliz em estar aqui novamente e poder realizar este trabalho junto com vocês. Parabéns à gestão do Hospital Marcio Cunha”, destacou.

“A nossa recertificação NIAHO/DIAS demonstra, novamente, o total envolvimento e determinação dos nossos profissionais da Fundação com sua excelência. Conseguimos fortalecer padrões, cuidados assistenciais com os nossos pacientes, o processo de gestão administrativo e a nossa imagem institucional. Fizemos ainda muitas melhorias e novas entregas estruturais neste ano, como a Casa das Mães e a Oncologia Pediátrica, hoje referência para o tratamento infantil em todo o estado. Adequamos o nosso sistema de informações (Tasy) aos requisitos da certificação HIMSS Estágio 7, o que nos permitiu ampliar as barreiras para garantir a segurança dos pacientes. E agora mantivemos com êxito o patamar de qualidade na gestão e nos serviços que tanto almejamos. Essa busca constante pelo fortalecimento da sustentabilidade da Fundação garante maior produtividade, mais segurança e mais qualidade na assistência médico-hospitalar aos nossos clientes”, destaca Luís Márcio Araújo Ramos, diretor executivo da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), instituição braço social da Usiminas nas áreas de saúde e educação e responsável pela administração do Hospital.

Fonte: Carta de Notícias