DNVGL.com.br

Breadcrumbs

Transição para a ISO 22000:2018

Gestão de Segurança de Alimentos

Contate-nos

Precisa de ajuda com a transição?

Contate-nos
SHARE:
PRINT:
Food Safety
Comece a se preparar para a transição da ISO 22000:2005 para a ISO 22000:2018. Nós podemos ajuda-lo em cada etapa de sua jornada.

A versão 2018 da ISO 22000 foi publicada em 19 Junho de 2018. Com este lançamento, a ISO 22000:2005 será retirada. As empresas certificadas na norma ISO 22000:2005 precisam fazer a transição de seu certificado para a nova versão, e estas terão um período de transição de três anos, até 19 de Junho de 2021.

O objetivo da ISO 22000 é harmonizar os requisitos para a gestão da segurança de alimentos a nível global. A norma contribui para garantir a segurança de alimentos em toda a cadeia alimentar, da fazenda até a mesa. A norma não estabelece critérios específicos para o Desempenho da Segurança de Alimentos, nem é prescritiva sobre o desenho de um sistema de gestão.

Principais mudanças na ISO 22000:2018  

A ISO 22000:2018 aplica a Estrutura de Alto Nível (HLS – High Level Structure) da ISO, comum para todas as normas ISO. Como segue a mesma estrutura que as outras normas ISO, amplamente aplicadas como a ISO 9001 e ISO 14001, será mais fácil a integração com outros sistemas de gestão.

Os usuários familiarizados com a ISO 22000:2005 reconhecerão que a maioria dos requisitos continua na ISO 22000:2018. No entanto, existem alguns requisitos novos e revisados. Algumas mudanças são induzidas pelo HLS, mas, além disso, há algumas que são específicas para a gestão de segurança de alimentos. Saiba mais sobre as mudanças aqui

Escolha o pacote de transição que atende as suas necessidades

A DNV GL pode orientá-lo sobre os preparativos para a transição. Diferentes empresas possuem diferentes níveis de necessidades, desta forma preparamos três pacotes de transição que podem ajudá-los em sua jornada de transição. Eles incluem tudo, desde sessões básicas de conscientização à materiais de autoavaliação e auditorias de migração - dependendo de sua necessidade. 

Comece seu processo de transição

Recomendamos que você comece a se preparar para a transição o mais cedo possível e se planeje apropriadamente para incorporar as mudanças necessárias em seu sistema de gestão. 

Etapas recomendadas para a transição:

  • Conheça o conteúdo e os requisitos da ISO 22000:2018. Se você é um usuário da ISO 22000:2005, deve se concentrar nos requisitos modificados. 
  • Assegure-se de que o pessoal relevante em sua organização seja treinado e compreenda os requisitos e principais alterações.
  • Identifique os gaps que precisam ser abordados para atender os novos requisitos e estabeleça um plano de implementação. Implemente ações e atualize seu sistema de gestão para atender os novos requisitos.
  • Avalie a eficácia da implementação através de auditorias internas e defina ações adicionais, quando necessário.

Nossos auditores estão preparados e possuem uma visão completa das mudanças e o que é necessário para realizar a transição para a nova norma. Podemos apoiá-lo em todas as fases da migração, para que você possa começar a preparar, avaliar seu nível de prontidão e concluir com eficiência essa migração.

Como a DNV GL pode ajudar sua implementação?

Os pacotes acima agrupam vários serviços para ajudá-lo em seu processo de transição e podem incluir: : 

  • Seminários, webinars, e-learnings, check lists de autoavaliação, etc. onde você aprende sobre a norma e obtém uma visão geral básica do conteúdo e principais mudanças em comparação com a ISO 22000:2005, o processo de migração, etc.
  • Cursos de formação, in company ou públicos. O objetivo destes cursos é fornecer informações detalhadas sobre o conteúdo e as mudanças e sobre as etapas necessárias para a transição. Estes cursos são modulares onde o nível de detalhe pode ser adaptado às suas necessidades.
  • Gap Analysis, onde avaliamos seu sistema de gestão em relação aos requisitos da nova norma e identificamos os gaps que precisam ser abordados. Isso fornecerá informações úteis ao seu processo para atender à nova norma. O nível de detalhes de tal avaliação pode ser adaptado às suas necessidades.
  • Auditorias de transição e ferramentas de benchmarking.